Auxílio Brasil: Reajuste em relação ao Bolsa Família será de 20%

Auxílio Brasil: Reajuste em relação ao Bolsa Família será de 20%

Auxílio Brasil: Saiba mais

Na tarde da última quarta-feira (20/10), o ministro da Cidadania, João Roma, declarou em um pronunciamento feito no Palácio do Planalto, que o sucessor do Bolsa Família, o “Auxílio Brasil”, será pago a partir do mês de novembro e contará com um reajuste de 20% em relação ao programa que o antecedeu.

No seu pronunciamento, o ministro João Roma, afirmou: “O programa permanente, que é o Auxílio Brasil, que sucede o Bolsa Família, esse programa tem um tíquete médio, portanto, o valor do benefício varia de acordo com a composição de cada família. Então, existem famílias que estão recebendo menos de R$ 100, e tem outras que estão recebendo até mais de R$ 500. Esse programa terá um reajuste de 20 %”. Declarou o ministro da Cidadania.

João Roma, ainda afirmou que o aumento de 20% não possui relação com o valor unitário do benefício, mas sim, sobre a execução de todo o Auxílio Brasil.

Vale lembrar que o início do pagamento do novo programa do governo “Auxílio Brasil” irá coincidir com o fim do Auxílio Emergencial, que foi criado no começo do ano passado para apoiar as famílias necessitadas durante a pandemia de covid-19 no Brasil.

A última parcela do Auxílio Emergencial foi creditada no mês de outubro, o programa atendeu cerca de 68 milhões de famílias e teve um orçamento de aproximadamente R$ 379 bilhões.